Preço diferente cobrado por gênero é legal?

A prática de cobrar valores diferentes para homens e mulheres é, ainda, muito comum nas festas e eventos, porém, você sabe se esta prática é legal?

Black Friday: cuidados e direitos do consumidor

Está chegando mais uma edição da Black Friday, data da liquidação dos Estados Unidos que está se tornando tradicional também no Brasil.

Consumidores podem participar de evento online e gratuito sobre investimentos nesta semana

Durante toda esta semana, especialistas darão dicas de investimentos através de um evento online e gratuito. Portanto, se você deseja aprender mais sobre o tema, aproveite esta oportunidade.

Site da Vivo teve falha que expôs dados de clientes

Recentemente, uma falha no site da operadora Vivo acabou expondo o CPF e o endereço de, pelo menos, 24 milhões de clientes da empresa.

Consumidores podem agendar atendimento do Procon de Uberaba pela internet

Em parceria com a Codiub – Inteligência Digital, o Procon de Uberaba começou a oferecer o serviço de agendamento online para atendimento ao consumidor.

Direitos do consumidor quando uma escola fecha

Somente em Brasília, nas últimas três semanas, sete colégios fecharam suas portas, o que deixa os pais preocupados em relação aos seus direitos quando esta situação acontece.

Posso compartilhar as senhas de serviços de streaming?

Segundo um estudo feito pela CordCutting.com, a cada cinco pessoas que usam serviços de streaming de vídeo, uma delas utiliza a conta de outro assinante. Mas esta prática é legal?

Como reclamar dos serviços de trem e metrô

Todo passageiro é um consumidor, assim como quem utiliza os trens e metrôs, e, por isso, eles têm seus direitos garantidos pelo Código de Defesa do Consumidor e pela Política Nacional de Mobilidade Urbana.

Quando o reajuste dos planos de saúde é ilegal?

Todo ano ocorre um reajuste na mensalidade dos planos de saúde, o qual é impactado pelo uso dos serviços. Porém, como funciona este cálculo e quando esta prática se torna ilegal?

Consumidores podem remarcar viagem para praias afetadas pela mancha de óleo

De acordo com o Procon-SP, os consumidores que compraram pacotes turísticos ou hospedagem para os locais do Nordeste que foram afetados com a mancha de óleo podem fazer o cancelamento ou remarcar suas reservas.