51 planos de saúde são suspensos pela ANS



A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) suspendeu a comercialização de mais 51 planos de saúde em todo o Brasil. São 600 mil beneficiários atendidos por estes planos suspensos.


A suspensão de 51 planos de saúde, determinada pela ANS, terá início no dia 14 de junho de 2019. Assim, a partir desta data, todos estes planos suspensos não poderão ser comercializados e nem receber novos clientes, esta determinação é válida para todo o Brasil. São, aproximadamente, 600 mil beneficiários que estes planos possuem juntos, os quais receberão garantia à assistência regular.

Nesta última sexta-feira foi divulgada a suspensão destes planos, a qual é temporária e é parte do Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento, responsável por monitorar o desempenho do setor e tem o intuito de proteger o beneficiário.  As suspensões ocorreram por reclamações sobre a cobertura dos planos, o prazo máximo de atendimento, pela rede de profissionais, entre outros fatores.

Somente depois de comprovadas as melhorias dos planos, eles poderão voltar a ser comercializados. Junto à medida de suspensão, a ANS liberou a venda de 27 planos de saúde de duas diferentes operadoras, os quais haviam sido suspensos em outros ciclos. Como estes planos foram liberados, a venda dos mesmos poderá ter início no dia 14 de junho de 2019.

Entre os meses de janeiro e março deste ano a ANS registrou 19.411 reclamações de planos de saúde, sendo que 18.789 destas queixas foram para a análise do Programa de Monitoramento e mais de 93% conseguiram ser resolvidas através de mediação da Agência.



O site NovaConsulta.com.br traz uma série de serviços para o cidadão, de modo a agilizar consultas e integrar melhor a sociedade com o Poder Judiciário.

Você poderá consultar seus processos, além de poder contar com a nossos serviços de Assessoria Jurídica.

Precisa de nosso auxílio? Fale Conosco.