Consumidor poderá se cadastrar para não receber ligações de ofertas de crédito consignado



Em 2020, o consumidor terá um portal para fazer um cadastro e optar por não receber mais ligações que oferecem crédito consignado. Se, após o cadastro, o cidadão continuar sendo incomodado, a instituição financeira receberá punições.


Foi divulgado pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos) e pela ABBC (Associação Brasileira de Bacos), no dia 24 de setembro, que, após o mês de janeiro de 2020, o consumidor que quiser poderá fazer um cadastro em uma plataforma como a do “não perturbe” e optar por não receber ligações de instituições financeiras, as quais oferecem crédito consignado porém, muitas vezes, incomodando o cidadão.

Se acontecer do consumidor, mesmo depois de realizar o cadastro, ser incomodado por este tipo de chamada telefônica, a instituição financeira infratora terá que arcar com as consequências, podendo sofrer diversas punições, que vão desde multas até o descadastramento do INSS, o que fará com que a empresa fique impossibilitada de fechar novos contratos de empréstimo e consignação com o Instituto.



O site NovaConsulta.com.br traz uma série de serviços para o cidadão, de modo a agilizar consultas e integrar melhor a sociedade com o Poder Judiciário.

Você poderá consultar seus processos, além de poder contar com a nossos serviços de Assessoria Jurídica.

Precisa de nosso auxílio? Fale Conosco.