Direitos de quem possui passagens da Avianca



No mês de dezembro de 2018, a companhia aérea Avianca entrou em recuperação judicial, o que não a exime de cumprir as normas da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil).


Desde que a Avianca entrou em recuperação judicial, a companhia já cancelou muitos voos e suspendeu as operações em vários aeroportos. Porém, a empresa ainda deve cumprir com as regras da ANAC, devendo os clientes, com passagens da Avianca compradas, entrar em contato com a empresa para ter maiores informações. Porém, neste momento, é importante que todos saibam seus direitos, para garantir que não sofrerão qualquer dano.

Portanto, em casos do voo atrasar, a companhia deverá arcar com alguns custos, de acordo com o tempo de atraso. Nos atrasos acima de 4 horas, por exemplo, a companhia aérea deve pagar hospedagem e translado de ida e volta para o cliente. Quando o voo for cancelado, a empresa deverá avisar ao passageiro o quanto antes, além de: devolver o dinheiro pago pela passagem ou reacomodar o cliente em outro voo ou, ainda, o passageiro optar por outro tipo de transporte para a viagem.

Se você se sentir prejudicado pela companhia aérea, reivindique seus direitos com a própria empresa, faça uma denúncia para a ANAC (através do telefone 0800 725 4445) e, também, reclame em um órgão de defesa do consumidor, como, por exemplo, o Procon.



O site NovaConsulta.com.br traz uma série de serviços para o cidadão, de modo a agilizar consultas e integrar melhor a sociedade com o Poder Judiciário.

Você poderá consultar seus processos, além de poder contar com a nossos serviços de Assessoria Jurídica.

Precisa de nosso auxílio? Fale Conosco.