Site da Vivo teve falha que expôs dados de clientes



Recentemente, uma falha no site da operadora Vivo acabou expondo o CPF e o endereço de, pelo menos, 24 milhões de clientes da empresa.


O site da Vivo teve uma grande falha, descoberta pelo grupo de pesquisadores de segurança Whitehat Brasil, o qual visa identificar falhas de segurança nos portais que possuem grandes bases de dados. Assim, com este problema, informações pessoais de, aproximadamente, 24 milhões de clientes da operadora ficaram expostas, os dados expostos foram: CPF, data de nascimento, endereço, número de telefone fixo e móvel e nome da mãe.

Esta brecha de segurança ficou presente na página “Meu Vivo”, onde era possível ver o perfil dos clientes da operadora, além de detalhes dos serviços prestados pela Vivo, como, por exemplo, internet, telefonia e TV por assinatura. No dia 5 de novembro o site foi tirado do ar pela empresa, para que fossem realizadas correções na plataforma.

O Brasil possui a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais, a qual obriga que as empresas protejam os dados pessoais dos seus clientes, porém, ela entrará em vigência somente no mês de agosto de 2020. Depois que esta lei estiver válida, as empresas que não garantirem a segurança das informações dos clientes poderão receber multas no valor de 2% do faturamento da companhia, sendo o limite de 50 milhões de reais.



O site NovaConsulta.com.br traz uma série de serviços para o cidadão, de modo a agilizar consultas e integrar melhor a sociedade com o Poder Judiciário.

Você poderá consultar seus processos, além de poder contar com a nossos serviços de Assessoria Jurídica.

Precisa de nosso auxílio? Fale Conosco.